Quantcast

Internacionalização das PME – Projetos Conjuntos

Internacionalização das PME – Projetos Conjuntos

Pedir Informação

Links
Nº Aviso
04/SI/2022
Data de Candidatura
21/10/2022 até 30/12/2022

Dimensão
PME
Localização
Portugal Continental
Prevê Exportações
Sim
Investimento Mínimo (€)
25 000,00 €
Investimento Máximo (€)
10 000 000,00 €
Financiamento Não Reembolsável
Entre 40% e 50%
Despesas Elegíveis
1. Despesas da Promotora:
  • Ações de divulgação e sensibilização, com vista a induzir a participação de PME no projeto conjunto;
  • Ações de acompanhamento e desenvolvimento do projeto, designadamente através da realização de estudos, catálogos e campanhas de promoção e imagem;
  • A avaliação dos resultados nas PME participantes, com base nos indicadores de acompanhamento e de resultados, consoante a tipologia de projetos abrangidos;
  • Ações de divulgação e disseminação de resultados;
  • Custos com pessoal da entidade promotora afetos às atividades descritas nas alíneas anteriores, até ao limite de 5% dos outros custos elegíveis do projeto conjunto.

2. Despesas realizadas pelas PME:
  • Participação em feiras e exposições no exterior:
    • Custos com o arrendamento de espaço, incluindo os serviços prestados pelas entidades organizadoras das feiras, nomeadamente os relativos aos consumos de água, eletricidade, comunicações, inserções em catálogo de feira e os serviços de tradução/intérpretes;
    • Custos com a construção do stand, incluindo os serviços associados à conceção, construção e montagem de espaços de exposição, nomeadamente aluguer de equipamentos e mobiliário, transporte e manuseamento de mostruários, materiais e outros suportes promocionais;
    • Custos de funcionamento do stand, incluindo os serviços de deslocação e alojamento dos representantes das empresas e outras despesas de representação, bem como a contratação de tradutores/intérpretes externos à organização das feiras;
  • Serviços de consultoria especializados, prestados por consultores externos, relacionados com:
    • Campanhas de marketing nos mercados externos, que compreende a contratação de serviços nas áreas de mailing e telemarketing, publicidade e meios de comunicação especializados;
    • Custos com a intervenção de Técnicos Oficiais de Contas ou Revisores Oficiais de Contas, na validação da despesa dos pedidos de pagamento até ao limite de 5.000 euros por projeto;
    • Assistência técnica, estudos, diagnósticos e auditorias;
    • Custos com a entidade certificadora e com a realização de testes e ensaios em laboratórios acreditados;
    • Custos de conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções;
    • Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de «software as a service», criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca;
  • Outras despesas de investimento relacionadas com a promoção da internacionalização, que se enquadrem nas seguintes ações:
    • Prospeção e captação de novos clientes, incluindo missões de importadores para conhecimento da oferta do beneficiário;
    • Ações de promoção realizadas em mercados externos, designadamente assessoria de imprensa, relações-públicas, consultoria de mercado e assistência técnica à preparação de eventos.

Notas:
  • As despesas da Promotora não podem representar mais de 20% dos custos totais da candidatura;
  • Os custos com o pessoal da Promotora afetos às atividades de gestão e acompanhamento do Projeto Conjunto não podem ultrapassar 7% dos restantes custos elegíveis;
  • No que se refere à utilização de ferramentas web (canais digitais), mencionada no Ponto 2, são consideradas elegíveis as despesas relativas a Ações Conjuntas relacionadas com a implementação de soluções comuns às empresas participantes no projeto e que envolvam:
    • Desenho e implementação de estratégias aplicadas a canais digitais para gestão de mercados, canais, produtos ou segmentos de cliente;
    • User-Centered Design (UX): desenho, implementação e otimização de estratégias digitais centradas na experiência do cliente que maximizem a respetiva atração, interação e conversão;
    • Desenho, implementação, otimização de plataformas de Web Content Management (WCM), Campaign Management, Customer Relationship Management e E-Commerce;
    • Criação de lojas próprias online, inscrição e otimização da presença em marketplaces eletrónicos;
    • Search Engine Optimization (SEO) e Search Engine Advertising (SEA): melhoria da presença e ranking dos sítios de comércio eletrónico nos resultados da pesquisa, em motores de busca, por palavras-chave relevantes para a notoriedade e tráfego de cada sítio;
    • Social Media Marketing: Desenho, implementação e otimização da presença e interação com clientes via redes sociais;
    • Content Marketing: criação e distribuição de conteúdos digitais (texto curto, texto longo, imagens, animações ou vídeos) dirigidos a captar a atenção e atrair os cliente-salvo para as ofertas comercializadas pela empresa;
    • Display Advertising: colocação de anúncios à oferta da empresa em sítios de terceiros, incluindo páginas de resultados de motor de busca;
    • Mobile Marketing: tradução das estratégias inscritas nos pontos anteriores para visualização e interação de clientes em dispositivos móveis, nomeadamente smartphones e tablets;
    • Web Analytics: recolha, tratamento, análise e visualização de grandes volumes de dados gerados a partir da navegação e interação de clientes em ambiente digital por forma a identificar padrões, correlações e conhecimento relevante que robusteçam os processos de gestão e tomada de decisão.


Especificidades
Objetivos
Reforçar a capacitação empresarial das PME para a internacionalização, permitindo potenciar o aumento da sua base e capacidade exportadora e reconhecimento internacional, através da implementação de ações de promoção e marketing, da sua presença em certames internacionais e do conhecimento e acesso a novos mercados.


Tipologias das Operações
Projetos Conjuntos de internacionalização que visem:
  • O conhecimento dos mercados externos (feiras/exposições),
  • A prospeção e presença em mercados internacionais (prospeção e captação de novos clientes) e
  • A dinamização de ações de promoção e marketing internacional (ações de promoção),
  • A utilização de ferramentas web (canais digitais).


Beneficiários
Os beneficiários são PME, de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica, integrados em Projetos Conjuntos promovidos por:
  • Associações empresariais,
  • Câmaras de comércio e indústria,
  • Agências regionais de promoção turística,
  • Outras entidades não empresariais do Sistema Nacional de Investigação e Inovação.


Área Geográfica
Portugal Continental.


Forma e Limites do Apoio
  • O incentivo é de natureza não reembolsável;
  • Investimento mínimo por Projeto Conjunto: 25.000 €;
  • Investimento máximo por Projeto Conjunto: 10.000.000 €;
  • As taxas de apoio máximas são as seguintes:

Despesas Elegíveis

realizadas por:

Taxas Máximas de Apoio

Lisboa

Algarve

Norte, Centro e Alentejo

PMEs

40%

40%

50%

Promotor

40%

40%

85%[1]

[1] Para poderem beneficiar dos 85%, as entidades não empresariais devem proceder à clara separação e adequado tratamento contabilístico dos custos, financiamentos e rendimentos de cada atividade. Caso não o façam, a taxa aplicável será de 50%.


Observações:
  • Os projetos devem ter uma duração máxima de execução de 24 meses;
  • Só são aceites despesas realizadas após a submissão da candidatura.

Pedir InformaçãoImprimir